Os apreciadores de uma boa comida mineira têm, a partir de hoje, a oportunidade de degustar pratos tradicionais na 13ª edição do Festival Igarapé Bem Temperado. O evento começa às 18h, no Quintal Espaço Batista, em Igarapé, na Grande BH, e vai até domingo. A entrada é gratuita, mas os ingressos precisam ser retirados no site sympla.com.br.

As delícias serão apresentadas em workshops por um grupo de cozinheiras conhecidas como mestras da culinária. São mulheres com mais de 60 anos que trazem receitas de família e prometem encantar o público. A expectativa dos organizadores é a de receber 12 mil pessoas nos quatro dias de evento. 

Vinte e quatro estandes estarão abertos aos visitantes. Por lá, será possível degustar e levar para casa os pratos e quitutes preparados pelas mestras e cozinheiros da nova geração, além d e produtos locais como doces, licores, compotas e cachaça. Broa assada na folha de bananeira no forno a lenha, geleia de umbigo de banana e rapadura com trevinho da sorte, servida com queijo artesanal, são algumas iguarias do cardápio.

Amanhã será realizado um seminário sobre Plantas Alimentícias Não Convencionais (Pancs); os ingressos, gratuitos, devem ser retirados no sympla.com.br

As crianças também terão espaço no Igarapé Bem Temperado. No sábado, às 11h, uma oficina culinária infantil irá ensinar aos pequenos como fazer bolachinhas de amendoim. As inscrições para as 40 vagas oferecidas devem ser feitas até 30 minutos antes do início da atividade.

Valorização

Em 2017, conforme Letícia Cabral, gestora cultural e organizadora do festival, a ideia é levar o público para mais perto das culinaristas, valorizando a cozinha de quintal. Inclusive, assim como acontece em todas as edições, uma das mestras será homenageada. Desta vez será Dolores Henriques. Hoje, às 19h, ela irá apresentar a receita de pé de moleque e contar as suas histórias acompanhada pelo chef Flávio Trombino.

“O Igarapé Bem Temperado transforma as vidas dessas mestras, que passaram a ser reconhecidas como tal e a ocupar um lugar de importância na comunidade, além de gerar renda com a venda de seus produtos. O festival é um momento de celebrar, de valorizar este universo da tradição de quintal, de promover o pertencimento da comunidade com o do patrimônio da cultura culinária da cidade”, frisa Carlos Stan, idealizador do evento.

Cultural

O Igarapé Bem Temperado também está recheado de atrações musicais. Chico Almeida sobe ao palco hoje, às 21h. Amanhã, será a vez de Murilo Antunes, Márcio Borges, Telo Borges e Rodrigo Borges apresentarem canções do Clube da Esquina.

No sábado, a programação musical começa às 15h com a apresentação dos Violeiros do Médio Paraopeba. Às 21h30, sobem ao palco o grupo Choro de Minas e Juninho Braga. Zé da Guiomar fecha as apresentações no último dia do festival, às 16h.