O Governo de Minas Gerais abriu processo seletivo para contratação temporária de novos profissionais, sendo 286 para brigadistas e duas para líderes de brigada em prevenção, monitoramento e combate a incêndios florestais nas Unidades de Conservação Estaduais (UCs) e nas Unidades Operacionais da Força Tarefa Previncêndio do Estado.

As inscrições são gratuitas e poderão ser feitas até às 23h59 do dia 23 de abril, exclusivamente pela internet. Os profissionais serão contratados por um período de quatro meses, prorrogável conforme necessidade da administração pública.

Os selecionados vão cumprir carga horária de 40 horas semanais, conforme demanda das UCs. A remuneração é de R$ 1.218,10 para brigadista e de R$ 2.436,20 para líder regional de brigada, acrescida de auxílio-alimentação e auxílio-transporte (quando necessário).

Para concorrer à vaga de brigadista, basta ter ensino fundamental incompleto. Já para se candidatar ao posto de líder regional de brigada, é exigido o ensino médio completo. Todos os candidatos precisam ter idade mínima de 18 anos, estarem em dia com suas obrigações militares e eleitorais, além de atender a outros requisitos definidos no edital, de acordo com o cargo ao qual desejam concorrer.

O candidato a líder precisa anexar também o certificado/declaração de brigadista de prevenção e combate a incêndios florestais, emitido entre 2008 e 2016 por entidades públicas, organizações não governamentais ou escolas de formação de brigadistas. O documento deve estar assinado por representante da instituição e ter carga horária mínima de 24 horas.

Segundo a superintendente de Controle e Emergência Ambiental da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (Semad), Ana Carolina Miranda, este é o primeiro ano que haverá um cadastro de reserva. “Essa inovação visa possibilitar a contratação de novos brigadistas, caso o período crítico de incêndios florestais, que vai de junho a novembro, se intensifique. Essas contratações poderão ser feitas desde que devidamente autorizado pelo Governo”, explica.

O processo de seleção será realizado em três fases para brigadistas e quatro para líder de brigada. A primeira etapa inclui a análise e comprovação dos documentos originais. Na segunda, os classificados farão um curso de formação de brigada Previncêndio, com duração de 32 horas, onde o candidato precisará ter, no mínimo, 60% de aproveitamento. Na terceira etapa, o candidato fará um teste de aptidão física e de habilidade para o uso de ferramentas agrícolas.

Os candidatos concorrentes à vaga de líder regional de brigada de prevenção e combate a incêndios florestais serão submetidos a uma entrevista, correspondente à quarta etapa. Os resultados parciais e finais do Processo Seletivo serão disponibilizados no site da Semad, indicado acima, e nas Unidades de Conservação. 

O edital foi publicado no dia 13 de abril no Diário Oficial do Estado. Todas as informações sobre o processo seletivo estão disponíveis no site da Semad.

As vagas estão distribuídas em 44 unidades de conservação, sendo:

  1. Nas Áreas de Proteção Ambiental (APA): Cochá e Gibão (10), Rio Pandeiros (6), Alto do Mucuri (10), Serra de São José (5), Sul (5), Cachoeira das Andorinhas (05), Águas Vertentes (10), Fernão Dias (5), Rio do Machado (5).
  2. Nos Parques Estaduais (PE): Serra das Araras (6), Lagoa do Cajueiro (6), Verde Grande (06) Serra do Sabonetal (8), Mata Seca (6), Veredas do Peruaçu (6), Serra do Sobrado (5), Sumidouro (5), Serra do Cabral (10), Serra do Brigadeiro (7), Mata do Limoeiro (5), Serra do Ouro Branco (5), Serra Verde (5), Itacolomi (5), Biribiri (8), Serra do Intendente (5), Rio Preto (8), Serra Negra (5), Pico do Itambé (5), Serra do Papagaio (8), Serra da Boa Esperança (5), Grão Mogol (9), Serra Nova (10) Caminho dos Gerais (9), Lapa Grande (9), Sete Salões (5).
  3. Há vagas abertas também para a Reserva de Vida Silvestre (REVS) do Rio Pandeiros (6), a Reserva de Desenvolvimento Sustentável (REDS) Veredas do Acari (6), a Floresta Estadual (FLOE) do Uaimii (5) e para os Monumentos Naturais (MN) Gruta Rei do Mato (5), Itatiaia (5) e Pico do Ibituruna (5).
  4. Para a Sub-base Operacional da Força Tarefa do Previncêndio em Belo Horizonte serão destinadas 8 vagas de brigadistas e uma de líder de brigada. Já para a Sub-base de Diamantina estão abertas 6 vagas para brigadistas e uma para líder de equipe e para a Sub-base de Januária há 8 vagas para brigadistas.

Leia mais:
Startups de BH estão com vagas abertas para profissionais com perfis inovadores