Um homem de 36 anos foi preso preventivamente pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), em Belo Horizonte, por ser suspeito de tentar matar a própria mulher. No mês passado, ele teria a espancado por dois dias com uma barra de ferro, uma chave de roda de carro e um prato de vidro. A vítima foi induzida ao coma e permanece no hospital há mais de um mês, segundo a PCMG.

De acordo com a corporação, no dia 15 de maio o homem teria chegado em casa alterado, após uso de bebida alcoólica e drogas. Ele teria mantido a mulher trancada em casa e a espancado por mais de dois dias. No dia 18, a mulher foi encaminhada ao hospital. A princípio, já foram constatadas sequelas na região do baço e rins.

A prisão, segundo a PCMG, levou em conta o grau de periculosidade do agressor e o fato de ele ser reincidente em delitos de violência doméstica.