Mais 37 pessoas tiveram confirmação de dengue em Belo Horizonte no intervalo de uma semana. O número de pessoas contaminadas pela doença subiu de 327 para 364 entre o último dia 12 e esta quinta-feira (20), segundo boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde. Ainda existem 2.175 casos notificados pendentes de investigação e 3.319 amostras foram analisadas neste ano.

A zika também fez novas vítimas na capital passando de cinco casos confirmados para oito. As notificações subiram de 58 para 64 no mesmo período. Conforme a pasta, são 24 crianças com sintomas de microcefalia, sendo que 18 delas residem em Belo Horizonte o restante de outros municípios.

A chikungunya, que avança em outras regiões do Estado, fez 22 vítimas confirmadas na capital até o momento. Na semana passada, eram 23. Do total, 15 são “importados”, ou seja, foram contraídos fora de Belo Horizonte. Há ainda 28 casos em investigação para a doença.

O Mobiliza SUS-BH, grupo de arte e mobilização da secretaria, fará na próxima semana várias açõs em cinco instituições de ensino superior. Serão usados estandes informativos, folheteria e personagens itinerantes. O objetivo é difundir informações sobre o combate ao Aedes aegypti, transmissor de dengue, chikungunya e zika.

Leia mais:
Minas registra mais de 20 mil casos prováveis de dengue somente neste ano
Minas já está há 36 dias sem registrar novos casos de febre amarela
Minas tem mais de 19 mil casos de dengue; 29 cidades estão em situação de risco para surto