Mais de 1,2 milhão de motoristas mineiros que já possuem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com QRCode podem solicitar a CNH Digital (CNH-e), no Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG), a partir desta quinta-feira (1º). Quem tem o modelo antigo do documento pode solicitar uma segunda via da carteira (e pagar por ela) ou esperar pela renovação, feita de cinco em cinco anos. A adesão à versão digital não é obrigatória.

Como a CNH tem validade de cinco anos, até 2022 todos os condutores do Estado estarão aptos para solicitar a CNH-e. O documento digital será acessada por meio de aplicativo instalado no smartphone do condutor.  O aplicativo “CNH Digital” já está disponível para download na Google Play e Apple Store. É importante que os dados do condutor estejam atualizados no sistema do Detran-MG, principalmente o e-mail e o telefone celular, que acessará a CNH-e.

Os condutores que já possuem a CNH impressa com QR Code  e estão com dados atualizados no Detran-MG podem solicitar o novo documento no portal de serviços do Denatran. Para visualizar a CNH no aplicativo, é preciso ter uma senha pessoal de quatro dígitos e todos os dados do motorista são assinados digitalmente, garantindo segurança a todo o processo. Apenas no primeiro acesso, haverá a necessidade de conexão com internet, já os demais acessos podem ser feitos off-line.

Impressa ou não, a habilitação deve ser apresentada pelo motorista em uma fiscalização. A falta do documento acarreta multa de R$ 88,38, além de três pontos na CNH e a retenção do veículo.

Leia mais:
Mineiros vão poder contar com CNH digital a partir desta quarta-feira