Miguel Albino dos Santos de Jesus, de 2 anos, recebeu, neste domingo (1º), alta do hospital particular em que estava internado, após passar mais de 24 horas desaparecido em uma mata de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

O menino desapareceu na última sexta-feira (30) e só foi encontrado no fim da tarde desse sábado (30) pelo prensador Raí Rodrigues e mais dois cunhados do prensador, que passaram a tarde percorrendo a mata.  

Ainda na tarde de sábado, a criança foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) para exames e logo após foi para os cuidados médicos em uma unidade de saúde particular de Betim.

A assessoria de imprensa do hospital informou que o garotinho passou por exames e estava com quadro de desidratação e picado por insetos. Por isso ficou em observação. O menino voltou para casa, na companhia dos pais, no início da tarde deste domingo.

Investigação

Agora a Polícia Civil quer saber em que circunstâncias o menino Miguel foi encontrado. A corporação vai apurar como a vítima foi localizada, já que os militares do Corpo de Bombeiros tinham vistoriado a região e não localizaram a criança.

Para isso, a corporação deverá ouvir, nos próximos dias, amigos, testemunhas, os pais e até mesmo os homens que auxiliaram no salvamento do menino.

Leia mais:
Bombeiros encerram buscas em mata, e Polícia Civil investiga desaparecimento de menino em Betim
Militares realizam força-tarefa para encontrar criança desaparecida em mata de Betim
Menino de dois anos desaparece em mata de Betim