A paralisação do metrô de Belo Horizonte, marcada para a próxima segunda-feira (11), está cancelada por tempo indeterminado. A decisão foi tomada pelos metroviários durante assembleia na tarde deste sábado (9), quando a categoria optou por aguardar até a audiência de conciliação no Tribunal Superior do Trabalho (TST), que acontece no dia 20 de setembro, em Brasília. 

De acordo com o Sindicato dos Metroviários de Minas Gerais (Sindimetro-MG), os trabalhadores acreditam que o TST vai homologar as cláusulas sociais da categoria, compromisso que teria sido sinalizado em audiência no Tribunal Regional do Trabalho (TRT). As mais de 100 cláusulas versam sobre benefícios conquistados, como plano de saúde e vale-alimentação. 

Ainda segundo o Sindmetro, que representa aproximadamente mil trabalhadores do metrô de BH, não houve acordo com relação ao aumento salarial. O reajuste, almejado pela categoria em 12,29%, teria sido mantido em 0% pela CBTU.