A Defensoria Pública de Minas Gerais (DPMG) promoverá, com o apoio de diversos parceiros, a segunda edição do Casamento Comunitário em Belo Horizonte. O evento será no ginásio do Mineirinho, na próxima sexta-feira (23), quando 1.000 casais, que não têm condições de arcar com as taxas devidas aos cartórios de registro civil, celebrarão gratuitamente sua união civil.

O projeto Casamento Comunitário é mais uma das ações extrajudiciais e de alcance social que a Defensoria Pública de Minas Gerais tem realizado, com o objetivo de proporcionar ao cidadão, principalmente ao vulnerável, o pleno exercício da cidadania. A iniciativa, que garante os direitos civis, é, também, uma maneira de fortalecer os laços afetivos do casal e, consequentemente, da família.

Em 2015, a DPMG promoveu a primeira edição do casamento na Capital, beneficiando 619 casais. Outras edições do evento foram promovidas no interior do Estado.

A cerimônia terá entrada dos noivos em tapete vermelho, marcha nupcial, troca de alianças, benção ecumênica, entrega das certidões de casamento e sorteio de presentes. Se o casamento não fosse realizado de forma gratuita, os trâmites do cartório custariam para os noivos, em média, 500 reais, mais os gastos com a cerimônia.

(Com Defensoria Pública de Minas Gerais )*