Um estudo publicado na revista BMC Public Health afirma que mulheres que consomem regularmente bebida alcoólica, a partir dos 16 anos, têm maiores concentrações de glicose no sangue do que os homens, e podem desenvolver diabetes tipo 2 futuramente.

Essa pesquisa é a primeira a avaliar dados de ingestão de álcool ainda na adolescência, e os níveis de glicose no sangue foram medidos anos depois, quando as mulheres estavam com idade em torno dos 43 anos.

O consumo total de álcool e o comportamento de compulsão alimentar foi observado ao longo de 27 anos, e mostrou alta relevância com graus mais altos de açúcar na corrente sanguínea, independente do Índice de Massa Corpórea (IMC), hipertensão e tabagismo.

Os pesquisadores da Umea University, na Suécia, mostraram que o grande consumo de bebida alcoólica entre 16 e 43 anos está associado a maiores níveis de glicemia nas mulheres, mas não nos homens.

Como é um fator de risco para desenvolvimento de diabetes tipo 2, os dados indicam que as pessoas devem ser informadas sobre esse consumo elevado ainda jovem para terem impactos positivos na saúde e não ampliar os riscos.