As multas que foram aplicadas aos motoristas que invadiram as faixas exclusivas de ônibus da avenida Vilarinho vão ser canceladas pela BHTrans. A suspensão da taxa vai ocorrer porque, conforme a autarquia responsável por gerenciar o tráfego na capital, muitos condutores ficaram confusos com relação ao trânsito no local.

Desde 24 de junho, a empresa realiza teste em algumas faixas de ônibus e permite que carros, motos e caminhões passem pelas faixas destinadas aos coletivos aos sábados, a partir das 14 horas, e aos domingos e feriados, durante todo o dia.

Porém, o teste não se aplica as avenidas Vilarinho, Cristiano Machado, Santos Dumont, Rio de Janeiro e Antônio Carlos, além dos viadutos do Complexo da Lagoinha. Por causa da confusão, a BHTrans decidiu anular todas as multas aplicadas na Vilarinho no período de 24 de junho até 6 de agosto.

Conforme a autarquia, já foram implantadas faixas de pano para reforçar a proibição no local.

Teste

O teste, que tem validade de 90 dias, foi adotado por causa do baixo fluxo de coletivos nos fins de semana e feriados. "Durante os testes iremos monitorar e avaliar as condições de segurança dos veículos que acessam as faixas liberadas e o impacto no embarque e desembarque de passageiros do transporte coletivo", afirmou Fernando Pessoa, superintendente de operações da BHTrans.

Confira os locais onde as faixas exclusivas estão liberadas para o trânsito misto nos fins de semana:

- Avenida Augusto de Lima, entre Rua Curitiba e Avenida João Pinheiro, neste sentido;

- Avenida Augusto de Lima, entre Avenida João Pinheiro e Rua São Paulo, neste sentido;

- Avenida Cristiano Machado, entre Anel Rodoviário e Avenida Vilarinho;

- Avenida Dom Pedro II em toda sua extensão;

- Avenida Nossa Senhora do Carmo, entre Rua Valparaíso e Avenida do Contorno, neste sentido;

- Avenida Nossa Senhora do Carmo, entre Rua Outono e Rua Valparaíso, neste sentido;

- Avenida Pres. Carlos Luz, em toda a sua extensão;

- Avenida Prof. Alfredo Balena, entre Rua Padre Rolim e Praça Hugo Werneck, neste sentido;

- Avenida Prof. Alfredo Balena, entre Praça Hugo Werneck e Rua Pernambuco, neste sentido;

- Rua Goiás;

- Rua Padre Belchior, entre Avenida Amazonas e Rua Curitiba, neste sentido;

- Rua Padre Belchior, entre Rua São Paulo e Rua Curitiba, neste sentido;

- Avenida João Pinheiro, entre Rua dos Guajajaras e Rua Goiás, neste sentido.