O novo comandante da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), Marco Antônio Badaró Bianchini, assumiu o cargo nesta quinta-feira (8), durante solenidade na academia da PM, no bairro Prado, região Oeste de Belo Horizonte. Ele substituirá o coronel Márcio Martins Sant'Ana.
 
Dentre os maiores desafios a serem enfrentados pela nova gestão, o coronel Bianchini destacou os crimes contra patrimônio, que cresceram 22,18% no Estado, de janeiro a novembro do ano passado, na comparação com o mesmo período do ano anterior, e o número insuficiente de militares.
 
"O maior investimento necessário para nós, hoje, é a contratação de pessoal, porque temos uma carência grande. Mas o governador já determinou ao comando geral e eu vou cumprir. Vamos começar a recrutar novos policiais militares a partir de agora", disse o comandante, sem detalhar números.
 
Segundo ele, a principal mudança na corporação, daqui para frente, será no direcionamento dos trabalhos. De acordo com o coronel Bianchini, até então, a PMMG direcionava mais ações aos criminosos, mas, agora, voltará a atenção para o cidadão de bem.
 
"As pessoas vão sentir as mudanças que vamos implementar. Uma mudança de postura no modo de fazer polícia e a população vai sentir isso", afirmou.