A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) deflagrou nesta quinta-feira (7) a Operação Dominó, em Ribeirão das Neves, para desarticular uma quadrilha especializada em tráfico de drogas, homicídios e roubos de veículos. A ação terminou com a prisão de 17 pessoas. O objetivo era cumprir 30 mandados de prisão e 33 de busca e apreensão.

As investigações começaram após uma tentativa de homicídio e outros crimes ocorridos no bairro Fortaleza, há 8 meses, todos motivados pelo tráfico de drogas para o domínio da região. ”Com o trabalho de inteligência, foi possível identificar e qualificar os 30 envolvidos nesta organização criminosa, desde os que exerciam poder de mando e assumiam a função de chefes, até os que praticavam o tráfico de varejo, realizando a venda de pequenas quantidades de drogas”, explicou o delegado Eduardo Hilbert, responsável pelas investigações.

Para o Chefe da Delegacia Regional de Ribeirão das Neves, delegado Luciano Guimarães, as prisões representam um duro golpe ao tráfico de drogas na região. “Desarticulando uma organização criminosa atuante como esta, o tráfico ficará enfraquecido e, por consequência, diminuirá os crimes, principalmente de homicídios e tentativas de homicídios”, disse.

A operação Dominó apreendeu diversos materiais, como pinos para endolar drogas, munições calibre 32, pequenas porções de cocaína e maconha, substâncias utilizadas para o aumento do volume da cocaína, celulares e uma moto produto de crime.

Participaram da operação 200 policiais civis, além da equipe do Canil da PCMG.