Um homem de 34 anos, conhecido como “Palhaço de Blumenau”, acusado de abusar sexualmente de dois adolescentes no estado de Santa Catarina, foi preso nesta sexta-feira (23) no bairro Concórdia, na região Nordeste de Belo Horizonte. Conforme informações do major Ronaldo Moreira dos Santos, comandante da 20º Companhia de Polícia Militar, o homem estava na capital mineira desde a última quarta-feira, quando teria realizado apresentações circenses em uma escola estadual no bairro Concórdia .

Ainda conforme o major Ronaldo, quem reconheceu o homem foi a diretora de uma escola estadual da capital. Ela teria conferido seu nome, dado em um recibo de pagamento pela apresentação na instituição de ensino, na internet. Lá, constou que ele era procurado por cometer crimes sexuais no estado de Santa Catarina.

O suspeito ainda ficou hospedado por duas noites na casa de um aluno da escola, que teria oferecido abrigo por causa das apresentações. Informados sobre o caso, os militares tiveram a oportunidade de prender o acusado na escola, pois ele teria retornado ao lugar em busca de novas apresentações. “Não temos nenhum crime registrado contra o suspeito em Minas. Mas, em contato com o delegado Henrique Neto, de Santa Catarina, fomos informados que o homem era suspeito de estuprar dois meninos. Foi expedido um mandado de prisão preventiva contra ele e, consequetemente, ratificada a detenção”, explicou o major Ronaldo.

O militar ainda explicou que não há previsão de quando o “Palhaço de Blumenau” irá retornar a Santa Catarina. Em conversa com o major Ronaldo, ele teria alegado ser inocente das acusações. O suspeito teria viajado de Santa Catarina até Belo Horizonte em um Fiat prata.