Os interessados em trabalhar como ambulantes durante o pré-Carnaval e a folia na capital mineira já podem fazer a cadastro. A inscrição deve ser feita pessoalmente, até o dia 23 de janeiro, no BH Resolve - avenida Santos Dumont, 363, Centro, com entrada também pela Rua dos Caetés, 342. 

O candidato tem que apresentar, no ato da inscrição, carteira de identidade, CPF, comprovante de residência e declaração constante no edital, que deve ser acessado através do site www.pbh.gov.br.

Pelas regras, os ambulantes poderão comercializar água e bebidas industrializadas – alcoólicas ou não – ou adereços carnavalescos. As atividades serão restritas ao período de 11 de fevereiro a 1º de março, somente nos locais e horários dos ensaios e desfiles dos blocos de rua. A programação será divulgada posteriormente pela Belotur.

Em caso de descumprimento, o ambulante poderá ter os produtos apreendidos e ser autuado.

Leia mais:
Noticiário inspira paródias e marchinhas de Carnaval cheias de humor e críticas
Viajantes e foliões devem redobrar cuidados por causa de surto de febre amarela
Globeleza 'incorpora' diversos ritmos do Brasil em vinhetas da Globo; veja

Horário de ambulantes

A venda de bebidas alcoólicas pelos ambulantes durante os ensaios de Carnaval e nos desfiles dos blocos de rua será limitada até às 23h59. A determinação é da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), que definiu nesta quarta-feira (11) as regras para o comércio de rua.

Conforme o Executivo, cervejas e outros líquidos destilados e fermentados não poderão ser comercializados em garrafas e outros recipientes de vidro. A venda fracionada de bebidas também está proibida. Além disso, permanece o veto de venda de bebidas alcoólicas para menores de 18 anos.

O ambulante também não poderá comercializar, simultaneamente, bebidas e adereços carnavalescos. Ele terá que fazer a opção por apenas um dos itens. As regras foram publicadas no Diário Oficial do Município (DOM) e podem ser consultadas neste link