Mais de 40 horas após o acidente envolvendo uma carreta carregada com tambores de óleos lubrificantes, as pistas da BR-040 permanecem parcialmente interditadas na altura do município de Oliveira Fortes, na Zona da Mata. A limpeza do local, onde houve derramamento da carga, ainda não foi concluída e deve ser realizada ao longo de toda quinta-feira (12).

As faixas da direita estão liberadas nos dois sentidos, enquanto as faixas da esquerda estão bloqueadas para manobras operacionais de limpeza.

O acidente aconteceu por volta das 18h15 de terça-feira (10) e a rodovia teve de ser fechada totalmente por nove horas, por causa do derramamento do produto. Equipes do Corpo de Bombeiros e do Núcleo de Emergências Ambientais (NEA), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Semad) trabalharam durante toda a madrugada e, às 5h20 desta quarta-feira (11), a pista foi liberada parcialmente.

A Via 040 frisou que a responsabilidade pela contenção do vazamento e retirada da carga é de responsabilidade da transportadora, que deve possuir seguro, licença ambiental, recursos e tecnologias para este tipo de ocorrência. Contudo, diante da gravidade do caso, a concessionária destacou que para diminuir os impactos do acidente e do derramamento da carga na pista, providenciou, ao longo da madrugada, a contenção do óleo e o despejo de 5 caminhões de areia para absorver parte do produto derramado.

Leia mais:
Carreta com óleo tomba e fecha BR-040 por mais de 22h na Zona da Mata