Duas pessoas foram presas em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, nesta segunda-feira (10) suspeitas de tráfico de drogas. 

Uma denúncia anônima levou os policiais até a rua Alfa, no bairro Industrial. Num lote com várias casas funcionava um depósito de drogas, que segundo a PM, abastecia cidades da RMBH como BH, Ibirité e Contagem e era comandado por uma mulher de apenas 20 anos.

A suspeita foi abordada enquanto deixava o local com uma bolsa e falando ao telefone celular. Ela teria sido avisada da presença das viaturas. 

Em uma das casas foram encontrados barras de crack, de cocaína, grande quantidade de pó já fracionado, munição de calibre restrito, uma arma de fabricação artesanal, material para embalar droga, balança e dinheiro.

A jovem disse aos policiais que o material não era dela e que apenas guardava a droga, sem saber a origem. O namorado dela, que foi identificado mais não foi preso durante a ação, era o responsável pela distribuição.

Junto com a droga a PM também encontrou algumas anotações, entre elas um endereço no bairro Laguna, também em Contagem. O endereço era de um homem de 29 anos, que já tinha passagem por tráfico. Em buscas pelo quarto do suspeito foram localizados dinheiro, mais drogas, além de anotações contendo toda a contabilidade do tráfico do grupo. Detalhes sobre fornecedores, compradores e valores das vendas estavam detalhados nos papéis escondidos dentro de uma sapateira.

Para suspresa dos policiais, o suspeito, que não estava em casa, se apresentou e assumiu que era dono da droga, que, segundo ele, tinha origem no exterior. Mas o homem se negou a revelar o nome do fornecedor, temendo ser morto.

Os dois presos foram levados para a Delegacia de Plantão de Contagem.