Um caso suspeito de ter ligação com o jogo Baleia Azul mobiliza autoridades na cidade de Teófilo Otoni, na Região do Vale do Mucuri. Nessa quinta-feira (5), uma adolescente de 17 anos, pulou de um muro de seis metros de altura na tentativa de tirar a própria vida, conforme informações registradas no boletim de ocorrência da Polícia Militar. 

O pai da jovem relatou aos policiais que a mãe já vinha desconfiando da filha por causa de cortes no antebraço e punho, até que, na última quinta, ela pediu o celular da garota para checar as mensagens. Nesse momento, ainda de acordo com o registro no boletim, a jovem quebrou o celular e entrou em luta corporal com a mãe, correndo em seguida para a parte de trás da casa, onde subiu no muro e pulou. 

O boletim ainda traz o relato da jovem que confirma ter participado do jogo Baleia Azul. Ela conta que chegou a receber diversas instruções e ameças via Whatsapp. Além disso, era orientada a apagar todas as mensagens, após a leitura. A vítima afirmou também que naquela quinta havia recebido a ordem de quebrar o próprio celular e se matar, caso contrário, ela e os parentes seriam mortos. 

A Polícia Civil informou que será aberto um inquérito para investigar o incidente com a garota e o possível envolvimento com o jogo. 

Casos

Em Minas Gerais, a Polícia Civil analisa possíveis relações entre o jogo Baleia Azul em duas mortes, de um jovem de 19 anos, de Pará de Minas, na Região Centro-Oeste do Estado, além de um rapaz de 16 anos de Belo Horizonte. 

Em Leopoldina, um jovem de 18 anos que estaria participando do jogo foi ouvido pela Polícia Civil após denúncia da mãe, que viu cortes no braço do filho, simulando o desenho de uma baleia. 

Busque Ajuda 

O Centro de Valorização da Vida (CVV) realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia pelo telefone 141, por e-mail, chat ou Skype.

Leia mais:
Ministério da Justiça determina que PF investigue envolvidos no jogo Baleia Azul
Perícia preliminar não encontra ameaça contra jogador do Baleia Azul que se matou em Pará de Minas
Perícia preliminar não encontra ameaça contra jogador do Baleia Azul que se matou em Pará de Minas