A Polícia Civil de Minas Gerais deflagrou, na manhã desta segunda-feira (6), a Operação Ártemis, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. A ação, organizada pela Divisão Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), cumpriu sete mandados de prisão contra homens acusados pela Lei Maria da Penha. 

Segundo a PCMG, alguns suspeitos tiveram o mandado expedido por descumprimento de medida protetiva. Nos outros casos, o mandado foi de prisão preventiva, uma vez que os suspeitos representam perigo à vida da vítima.

De primeiro de janeiro até 29 de fevereiro, a DEAM registrou mais de 1.500 atendimentos, 1064 medidas protetivas, 935 inquéritos instaurados e 1074 inquéritos concluídos. Agora, durante todo o mês de março, a Delegacia de Mulheres de Belo Horizonte realizará operações e mutirões para instauração e conclusão de inquéritos policiais.

A operação foi batizada de Ártemis, em homenagem à Deusa grega que era considerada exímia caçadora e protetora das mulheres.

Leia mais:
Mais de 300 mulheres são agredidas em Minas diariamente