Para marcar o Dia Internacional da Luta contra a Homofobia, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) realiza a exposição fotográfica intitulada "Fobia de quê?", que será apresentada em frente ao Teatro Francisco Nunes, no Parque Municipal, durante a quarta-feira (17) e depois segue para a entrada do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG), na avenida João Pinheiro 417, onde permanece até a próxima terça-feira, dia 23.

O trabalho reúne fotografias de Ana Alvarenga, Ana Paula Assis, Alex Silva e Maura Honorata que retratam pessoas LGBT em situações comuns da vida cotidiana. "Demonstrando que não há diferença ou qualquer justificativa para a discriminação, preconceito, e muito menos, para violência", garante a delegada Elizabeth Martins, Coordenadora de Direitos Humanos da PCMG.

A iniciativa faz parte das ações do Núcleo de Atendimento e Cidadania à População de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (NAC/LGBT), que faz o acompanhamento da ocorrência policial relacionada à identidade de gênero e orientação sexual. Segundo a delegada Elizabeth, "temos a missão de realizar um atendimento qualificado com acolhida diferenciada a essas vítimas. Prestamos as orientações a todos que nos procuram, pois aparecem muitas dúvidas, inclusive coisas que nem são de polícia, e por isso a necessidade de promover essa exposição para divulgar o trabalho do NAC". A unidade, criada em 2011, conta com profissionais qualificados e está situada na rua Bernardo Guimarães, 1571, Lourdes.