Dois membros de uma quadrilha que assaltou uma loja de roupas masculinas na Savassi, na terça-feira (24), foram detidos na quinta-feira (26), no Morro do Cafezal, no Aglomerado da Serra, na região Centro-Sul da capital. Outras três pessoas foram detidas pelo crime de tráfico de drogas na mesma ocasião, porém, apenas um menor dentre os conduzidos permaneceu apreendido.

Com os suspeitos, foram apreendidas peças de roupas e cerca de 1 quilo de maconha, vários celulares e uma balança de precisão. A Polícia Militar (PM) continua buscando por mais cinco bandidos que teriam participado do assalto na loja que fica lozalizada na Fernandes Tourinho. 

Segundo o sócio-proprietário do estabelecimento, que por motivos de segurança pediu para não ser identificado, sete pessoas invadiram o local às 9h15, na terça. “Eram seis homens e uma mulher. Eles chegaram a pé e nem se importavam em mostrar o rosto. Só um não estava armado”, disse.

Os funcionários foram levados para a cabine do fundo do imóvel e amordaçados com camisas que eram vendidas na loja. O dono do estabelecimento, que chegou durante a ação dos bandidos, foi agredido. “Levei coronhadas e recebi várias ameaças. Foi uma luta corporal. Prometeram voltar aqui e apagar todo mundo”.

Esse foi o 14º assalto que ele sofreu nos últimos três anos. Desta vez, foram levados peças da loja, além de carteira e celular dos empregados. O prejuízo foi estimado em R$ 40 mil. "Não quero que me devolvam nada. Apenas que me deem condições de trabalhar".