O prefeito de Betim, Vittorio Medioli, irá pagar R$ 10 mil como recompensa a quem der informações concretas sobre o paradeiro de Miguel, menino de dois anos que está desaparecido desde sexta (30), após ter aparentemente entrado numa mata do bairro Parque das Indústrias, na cidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte.

A oferta do prefeito foi feita nas redes sociais, em que o governante pede para as pessoas ligarem para o número 190. "Estamos deixando uma recompensa para ser distribuída para aqueles que poderão colaborar para encontrar o menino com vida e para que possa ser devolvido à sua família. Essa recompensa será de R$ 10 mil", avisou.

O dinheiro é uma oferta pessoal de Medioli, não envolvendo qualquer recurso da Prefeitura de Betim. "Estou disponibilizando de forma pessoal essa recompensa de R$ 10 mil para ser distribuída entre aqueles que poderão ser os reais e efetivos responsáveis por encontrar com vida com o menino Miguel”, salientou.