As obras para prevenção de enchentes no córrego Ressaca foram concluídas pela prefeitura de Belo Horizonte neste mês de abril. Foram investidos R$ 33,7 milhões nesse empreendimento, com recursos provenientes do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). Os trabalhos tiveram início em abril de 2015 e foram executados pela Sudecap (Superintendência de  Desenvolvimento da Capital).

De acordo com informações da prefeitura de BH, as intervenções possibilitaram a ampliação da capacidade de escoamento do canal existente, situada em área de várzea, de baixa declividade, com ocupação urbana.

Nesta segunda etapa foram feitas a ampliação e incremento do canal da Av. Heráclito Mourão de Miranda, no bairro Santa Terezinha, na região da Pampulha, além de melhorias na geometria da confluência do córrego Flor D’Água (Av. Presidente Tancredo Neves) com o córrego Ressaca. Também foi realizada a substituição das duas pontes existentes sobre o canal do córrego.

Na primeira etapa das obras, concluída pela prefeitura da capital em 2012, foi realizada a canalização dos córregos Ressaca e Sarandi até a Lagoa da Pampulha. No total, foram investidos R$ 34,42 milhões, por meio do PAC Drenagem.