Um homem frio. Assim a Polícia Civil definiu um homem de 45 anos suspeito de estuprar, pelo menos, duas crianças em Montes Claros, no Norte de Minas. A mãe foi quem denunciou o crime à Polícia Militar, depois de presenciar o companheiro em cima da filha dela, de apenas 6 anos.

Na última quinta-feira (2), o homem foi preso. Em depoimento, de acordo com a delegada responsável pelo caso, Karine Maia Costa, da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), as vítimas de 6 e 8 anos estariam sofrendo com os abusos do padastro. “O depoimento das crianças são impactantes. As vítimas relataram que a violência era recorrente, mas que os abusos eram mais frequentes na menina de 6 anos”, explica a delegada.

Em depoimento, a mãe das vítimas disse que, quando passou a desconfiar dos abusos, estava dormindo trancada com as crianças em um quarto. “Ela suspeita que estaria sendo dopada. As crianças relataram que o suspeito ameaçava a mãe de morte e dizia que faria a mesma coisa com a menina mais nova, a de 3 anos”, relatou a delegada.

As crianças foram encaminhadas para exames no Instituto Médico Legal (IML) de Montes Claros. O suspeito está preso no Presídio de Montes Claros.