Um projeto conhecido como "Cães do Jardim" construiu uma casa para três cadelas abandonadas no bairro Jardim Canadá, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). Além da morada comunitária, os animais receberão cuidados dos moradores da vizinhança que se responsabilizarão pela alimentação, vacinação e veterinário.
 
"Esta é a primeira casa do cão comunitário em Minas e a iniciativa foi inspirada em um projeto já existente em São Paulo e que abriga animais de rua", explica Jackeline Mazzillo, moradora do bairro Jardim Canadá, integrante do movimento "Cães do Jardim" e uma das idealizadoras do projeto. 
 
Segundo ela, a iniciativa pretende dar abrigo a três cadelas - Filó, Malhada e Ferinha - que vivem na rua Hudson. "Nossa intenção é conscientizar a população no entorno onde elas moram e deixar claro que os animais não precisam ter um dono único, mas sim vários responsáveis. Os animais nasceram na rua e são livres, mas precisam de cuidados", disse. 
 
Ainda conforme a integrante do projeto "Cães do Jardim", a iniciativa foi patrocinada pela Quadrijet, localizada na rua onde vivem os animais, e a casa comunitária será instalada em frente à sede da empresa. A empresa se responsabilizará pela vacinação dos animais e pela consulta anual a um veterinário. A ideia foi apoiada ainda pelo grupo "Jaca" e pela ONG "Transformar".
 
"Cães do Jardim"
 
O projeto "Cães do Jardim" promove a castração de cães abandonados nas ruas do bairro Jardim Canadá, em Nova Lima. "Nós entendemos que se a gente conseguir castrar os animais não teremos esse numero enorme número de cães abandonados", explica Jackeline Mazzillo. A iniciativa possui uma página no Facebook onde divulga as ações do grupo e comercializa ecobags e cobertores com a marca do projeto.