Que profissão devo seguir? Qual curso superior é adequado para minhas aptidões? O que posso fazer com a minha nota do Enem? Essas são apenas algumas dúvidas presentes nas mentes dos adolescentes que cursam o ensino médio. Muitos deles não detêm informações suficientes sobre quais carreiras seguir ou como funcionam as universidades. 

Para mostrar aos jovens os vários caminhos possíveis de estudo, as faculdades Promove, Kennedy e Unincor – que são instituições de ensino sem fins lucrativos – se uniram para realizar o projeto social “Mostra de Profissões”. 

A ideia é levar professores universitários até escolas estaduais da Região Metropolitana de Belo Horizonte para explicar sobre vários assuntos de interesse para os jovens, como o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), como são as profissões, quais são os caminhos possíveis para o ensino superior, Prouni, Fies, formas de financiamento das instituições privadas, entre outros. Os garotos podem, ainda, fazer um teste de orientação vocacional aplicado pelos docentes do projeto. 

Amplo

A iniciativa estará disponí]vel para as escolas públicas a partir da próxima segunda-feira e até 200 instituições de ensino podem ser beneficiadas. A previsão é a de que a “Mostra de Profissões” seja realizada por dois meses e meio. 

Vários kits estão sendo distribuídos para professores e diretores da rede estadual com informações sobre o projeto. Além das palestras, a iniciativa oferece bolsas de estudo de até 90% de desconto em cursos Pré-Enem que serão sorteadas entre os alunos. 

Início

A primeira instituição a receber a “Mostra de Profissões” foi a Escola Estadual Rui Pimenta, no bairro Inconfidentes, em Contagem. Alunos do ensino médio do período vespertino puderam assistir a palestras realizadas por professores universitários.

“Foi muito interessante. Deu para esclarecer as dúvidas sobre o curso de direito, que é o que pretendo estudar. Também foi proveitoso tirar dúvidas sobre o que fazer com a minha nota do Enem, porque também posso usá-la para ser aprovada em uma faculdade particular. Existe um universo mais amplo que a UFMG”, afirma Karina Brostel, de 16 anos, estudante do 3º ano da escola. 

Aluno do 1º ano, Gabriel Felipe Silva, de 16, ganhou uma bolsa do curso Pré-Enem e pretende usá-la em breve. “Acredito que estarei mais bem preparado para o exame se fizer o curso”, diz o rapaz, que pretende estudar astronomia ou ciências da computação. 

“Quando nós, professores, falamos para os meninos sobre a importância do ensino superior eles não dão atenção. É importante para eles ouvir outras pessoas” (Gilmar Rodrigues, vice-diretor da escola Rui Pimenta)

 

Mostra das Profissões
BIOMÉDICAS – Medicina e enfermagem são alguns cursos que despertam muito interesse

Muitos estudantes desconhecem o que é graduação

Antes mesmo de a equipe do projeto “Mostra de Profissões” chegar à escola Rui Pimenta, os alunos já estavam passando por um processo de pesquisa e aprendizado sobre as profissões. 

A direção da instituição passou uma enquete para os alunos, para saber quais eram as profissões que mais permeavam o imaginário dos adolescentes, mas logo se verificou que havia um desconhecimento muito grande sobre os cursos. 

“Vimos que muitos deles não sabem diferenciar profissão de graduação. Quando perguntamos sobre quais cursos desejariam estudar, alguns responderam policial e maquiadora, que são profissões que não demandam um curso superior”, afirma a professora de português Laís Mundim. 

Depois da enquete, os alunos foram divididos em grupos de estudo e fizeram apresentações para os colegas sobre os cursos estudados.

“Eles pesquisaram sobre as profissões, qual é a média salarial, os cursos disponíveis de uma determinada área, quais são as faculdades de Minas Gerais que oferecem aqueles cursos estudados e quais são as médias de mensalidade cobradas pelas instituições privadas”, completa a professora.

Diretores de escolas estaduais interessados em receber o projeto “Mostra de Profissões” podem entrar em contato pelo e-mail mostradeprofissoes@faculdade promove.br