Conhecido como o "santo casamenteiro", Santo Antônio de Pádua é para os fiéis o protetor do amor e dos pobres. Nascido em Portugal, o religioso é considerado pela igreja católica como o doutor dos ensinamentos de Cristo. “Aos 15 anos, Fernando, o seu verdadeiro nome de batismo, decidiu entrar na vida religiosa. Dedicou grande parte da vida ao estudo da bíblia”, conta Frei Basílio Resende, da Ordem dos Frades Menores.

Apesar da fama de casamenteiro, para os católicos, Santo Antônio é reverenciado com mais veemência como protetor dos pobres. “Ele alimenta o corpo e a alma através dos pães distribuídos durante sua celebração”, explica Frei Basílio.

Enamorados

A igreja católica não reconhece nenhum milagre atribuído a Santo Antônio a respeito de casamentos, mas reconhece a importância da religiosidade popular. “É o santo que abre os festejos juninos. A lenda diz que, há muitos anos, Santo Antônio teria ajudado uma moça muito pobre a conseguir um dote para seu casamento. O importante disso tudo é que o santo causa a união entre os casais conforme os preceitos da igreja”, diz o Frei.

Para quem crê nesta força divina em busca do grande amor, existem várias simpatias populares, não religiosas, que seriam responsáveis por ajudar o "santo casamenteiro" a "dar uma mãozinha" na vida amorosa. Confira:

- Castigo na geladeira:
Se a coisa estiver difícil, tente olhar bem nos olhos de Santo Antônio e combine com ele: enquanto você não desencalhar, ele não sai da geladeira. E coloque a imagem no eletrodoméstico.

- De cabeça pra baixo: 
Outra simpatia, que promete solução rápida, é deixá-lo de cabeça para baixo em um copo com água ou cachaça até que o amor apareça em sua vida.

- Sequestro do menino Jesus:
Santo Antônio era um benfeitor das crianças. Por isso, em muitas imagens, ele é representado segurando o Menino Jesus. Uma simpatia diz que, se você retirar o pequeno das mãos do santo e garantir que ele só verá o Menino Jesus de volta quando você encontrar um amor, o milagre acontece rapidinho.

- Agulhas na água doce:
Para saber o nome da pessoa com quem vai casar para saber se o casamento vai acontecer, no dia de Santo Antônio, 13 de junho, coloque duas agulhas iguais dentro daquela mesma bacia que você usa para colocar os papeizinhos embaixo da cama. Só que, desta vez, adoce a água com duas colheres de açúcar. Se no dia seguinte as agulhas estiverem juntas, o casamento está próximo.

Confira depoimento dos fiéis: