A Polícia Civil conseguiu prender quatro pessoas suspeitas de matar uma mulher com golpes de machado e jogar o corpo dentro do rio, em São Francisco, na região Norte de Minas. O crime ocorreu em outubro de 2016. Foram detidos três homens e uma mulher. Segundo a corporação, a vítima Juliana Meira Batista Franca, de 31 anos, trabalhava como cozinheira em uma fazenda e a intenção dos bandidos era roubar o local.

A corporação informou que o grupo arquitetou o plano de roubo, uma vez que um dos integrantes tinha um sítio próximo da fazenda que foi alvo do crime. Ainda de acordo com a polícia, os suspeitos renderam a vítima, entraram em luta corporal e acabaram matando a mulher com golpes de machado.

A polícia informou ainda que somente um dos presos confessou o crime e disse que eles não pretendiam matar a mulher. Três pessoas foram presas em São Francisco e um homem foi encontrado na região Noroeste de Minas. A mulher detida era companheira de um dos envolvidos.

As quatro pessoas, se condenadas, podem pegar até 30 anos de prisão por latrocínio e ocultação de cadáver.