A Santa Casa de Belo Horizonte deve reabrir leitos nos próximos dias, mas ainda não há um cronograma definido para que as 430 vagas fechadas há um mês voltem a atender à população. Um acordo com a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) e o Ministério da Saúde irá destinar recursos para amenizar a situação na instituição. Atualmente o deficit mensal é de R$ 4 milhões.

A PBH desembolsará R$ 4 milhões, do Tesouro Municipal, divididos em quatro parcelas.

Já o Ministério da Saúde repassará R$ 1,2 milhão mensais extras, sendo R$1 milhão para gasto geral na Santa Casa e R$ 200 mil destinados a oncologia.

O contrato com o Ministério da Saúde é de um ano, mas a expectativa é que seja renovado regularmente.

Leia também:
Descanso forçado: férias coletivas geram economia na Santa Casa, mas situação ainda é dramática