Uma policial militar de 24 anos reagiu a um assalto na madrugada desta segunda-feira (20), na rua Violoncelos, no bairro Vila Califórnia, em Belo Horizonte. A soldado estava de folga e disparou duas vezes contra o homem, de 19 anos, que tentou roubar carro e celular na porta da casa da militar. 

A policial tinha acabado de chegar em casa e percebeu que havia deixado o celular no carro, estacionado na porta da residência. Ao voltar para buscar o aparelho, ela foi abordada por dois homens em uma motocicleta, sendo que um deles estava armado. Eles anunciaram o assalto e pediram tanto os pertences da soldado, quanto as chaves do veículo.

Ela entregou os documentos e foi para a residência para buscar a arma de trabalho. Enquanto um dos bandidos tentava ligar o carro e o outro aguardava na moto, a militar anunciou que era policial e disse a eles que entregassem os pertences roubados. 

Como os homens não obedeceram às ordens, a policial atirou contra o que estava no carro. O comparsa armado fugiu com a motocicleta. Ela disparou duas vezes contra o assaltante, alegando legítima defesa, e deixou o rapaz com um ferimento na coxa direita e outro nas costas. 

Após a abordagem, a militar deu voz de prisão de flagrante ao homem e prestou socorro. Ele foi levado ao hospital municipal Odilon Behrens, recebeu cuidados e cirurgia e passa bem. A vítima está sob custódia policial e está sendo ouvida em procedimento judicial militar, na sede 128ª cia do 22º batalhão policial. Já a militar terá que prestar esclarecimentos e teve a arma apreendida.