Cinco pessoas foram presas e dois adolescentes apreendidos suspeitos de invadirem uma casa e fazerem uma família refém. O crime, conforme a Polícia Militar, aconteceu no fim da noite de quarta-feira (3) no bairro Santa Inês, região Leste de Belo Horizonte.

Segundo o Boletim de Ocorrência, o grupo aproveitou que a família estava na parte dos fundos da residência, localizada na rua Planura, pulou o muro e rendeu os oito moradores. Armados, os suspeitos ameaçaram as vítimas e trancaram a família em um cômodo. Na sequência, os bandidos exigiram dinheiro e joias.

Para a polícia, o dono da casa contou que foi agredido com coronhadas na cabeça. Outras vítimas também apanharam com socos e tapas. O bando criminoso fugiu no carro da empresa em que uma das vítimas trabalha como supervisor de vendas. A PM informou que logo após a fuga, pai e filho conseguiram pular a janela e foram até a casa de um vizinho, que chamou a polícia.

Durante rastreamento da localização dos aparelhos celulares roubados, a polícia conseguiu apreender um adolescente de 17 anos que havia participado do roubo. Com ele, a PM apreendeu um aparelho celular. Outro jovem de 23 anos também foi localizado pelos militares. No momento da prisão, o suspeito tentava esconder dois aparelhos celulares no Cemitério Saudade, no bairro do mesmo nome.

Ainda em rastreamento na região, os militares conseguiram interceptar o veículo roubado na avenida dos Andradas. Lá, foram localizadas outras quatro pessoas sendo duas mulheres - de 18 e 25 anos -, um rapaz de 24, um de 26 e outro menor de 16.

Dentro do veículo a PM apreendeu uma pistola calibre 380 municiada, uma TV, um videogame, notebooks e baparelhos celulares.

Os carros utilizados no assalto foram apreendidos e encaminhados para o pátio credenciado do Detran-MG. O grupo foi levado para o Centro de Atendimento ao Adolescente Autor de Ato Infracional (CIA-BH) para o registro da ocorrência