Após ser acusado de estuprar a filha e a enteada de 15 e 16 anos, um homem foi executado no fim da noite desta segunda-feira (1º), na zona rural de Catuji, no Vale do Mucuri. Segundo a Polícia Civil (PC), o suspeito de 50 anos, que foi morto do dia do aniversário dele, estava sendo procurado havia uma semana.

Vizinhos ao imóvel do suspeito escutaram o barulho dos tiros e acionaram à Polícia Militar. No local, os militares encontraram a vítima ferida na cabeça, braços e pernas, já sem vida.

Testemunhas disseram à Polícia Militar que, desde que a denúncia de violência sexual contra as adolescentes foi feita, o suspeito estava escondido em um matagal próximo à residência. Ele, possivelmente, retornou para o imóvel para pegar comida.

A perícia constatou que a residência não tinha sinais de arrombamento e os disparos teriam sido feitos de uma janela. O corpo do suspeito foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Teófilo Otoni, também no Vale do Mucuri. Até o momento, ninguém foi preso.