A Prefeitura de Timóteo, no Vale do Rio Doce, decretou estado de alerta, nesta quarta-feira (21), devido às últimas chuvas que atingiram a região. Segundo a administração municipal, a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec) registrou mais de 40 ocorrências de deslizamento e desmoronamento de terra. Não houve feridos.

Ainda de acordo com o órgão, no distrito de Cachoeira do Vale houve um deslizamento de pedra em um dos morros do local. No bairro Santa Cecília, uma igreja ficou danificada com a queda de um barranco no fundo do imóvel.

"O maior número de ocorrências registradas em Timóteo foi por deslizamento de terra. Isso ocorre porque as pessoas fazem corte irregular da terra e não fazem projetos para a construções das casas. Tudo isso poderia ser evitado se antes de fazer as edificações os moradores fossem até a prefeitura e cadastrassem os projetos de construção dos imóveis", disse o coordenador da Defesa Civil Municipal, Galba Gomes.

O coordenador informou ainda que na última semana foram criadas três equipes operacionais para atender às emergências e para realizar vistorias pela cidade."Estamos tentando amenizar os estragos causados pelas chuvas através de equipes que auxiliam os moradores na limpeza e drenagem da água das enchentes”.

Leia mais:
Ministério da Integração reconhece situação de emergência de Resplendor
Defesa Civil reconhece emergência de Resplendor; buscas pela 5ª vítima prosseguem
Chuva deixa três mortos e dois desaparecidos em Resplendor