Três homens foram presos por suspeita de participação no assalto a duas agências bancárias em Cuparaque, no Vale do Rio Doce, na madrugada desta terça-feira (7). Um deles foi encontrado pela Polícia Militar de Minas Gerais na cidade de Alto Rio Novo, no Espírito Santo.

De acordo com a Polícia Militar, logo que as agências do Sicoob e Bradesco foram explodidas, iniciou-se uma operação de cerco e bloqueio em busca dos seis suspeitos que entraram na pequena cidade dando tiros em diversas direções – inclusive em postes da iluminação pública, para deixar as ruas escuras.

Durante as diligências, uma das viaturas se deparou com uma Fiat Strada branca com dois indivíduos, que, ao serem abordados, logo confessaram participação no roubo, admitindo, inclusive, que o veículo em que estavam era furtado. Próximo ao local onde a dupla foi abordada, policiais encontraram um Chevrolet Ônix totalmente queimado, possivelmente pelos assaltantes.

Os suspeitos contaram que o bando havia se separado, mas iria se reencontrar na cidade de Alto Rio Novo, para depois articular a fuga. Durante o processo de rastreamento, um dos suspeitos presos recebeu uma ligação. Com ajuda da tecnologia, descobriu-se que a ligação havia sido feita de uma pensão em Alto Rio Novo, onde foi localizado o terceiro suspeito. Junto com ele, havia uma folha de anotações com especificações de materiais utilizados em explosões.

O trabalho de rastreamento continua sendo realizado na região, inclusive com ajuda do helicóptero Pégasus 7. Os suspeitos e os materiais apreendidos foram encaminhados à Polícia Civil de Conselheiro Pena, também no Vale do Rio Doce.

Leia mais:
Bandidos explodem duas agências bancárias em Cuparaque