Os corpos do soldado da Polícia Militar Igor Vieira Quintão, de 23 anos, e de suas três vítimas foram enterrados na manhã deste domingo (13).

O policial e sua mãe, Eloiza Santa Vieira Quintão, foram enterrados às 9h da manhã no Cemitério Municipal de Tabuleiro, município a 12 km de Rio Pomba, no Centro-oeste do Estado . A namorada Aline Guimarães Rodrigues, 34 anos, e sua mãe Elisabete Guimarães Rodrigues foram sepultadas às 10h no Cemitério Parque da Serra, em Divinópolis.

Relembre o caso:

Entre a madrugada de sexta e sábado, o soldado Igor Vieira Quintão assassinou a namorada, que também era soldado da Polícia Militar, e sua mãe em Divinópolis. Depois dos crimes, o soldado viajou até Rio Pomba, onde assassinou também a sua mãe e se matou.

O corpo do soldado foi encontrado por militares após ligações da família que avisaram que ele poderia estar morto dentro de casa. Ao chegarem no local, os policiais encontraram Igor Vieira Quintão morto e caído no chão com um revólver calibre 38 nas mãos. O corpo de sua mãe estava ao lado.

Segundo o irmão de Igor, o soldado enviou uma mensagem por WhastApp em que pedia desculpas pelas as mortes que tinha praticado em Divinópolis e confessava o assassinato da mãe, justificando que não queria ver a angústia dela após seu suicídio,