A campanha de vacinação contra a Influenza em Belo Horizonte foi prorrogada por mais uma semana, para o dia 09 de junho. Ela terminaria nesta sexta-feira (2). 

Até o momento, 626.396 pessoas receberam a vacina na capital, o que representa 76% do público prioritário, sendo que o Ministério da Saúde determina imunizar pelo menos 90%.

A vacina contra a Influenza é trivalente e imuniza contra três vírus (H1N1, H3N2 e vírus influenza B).

O público prioritário que deve receber a vacina é formado por pessoas acima de 60 anos, crianças de 6 meses a 4 anos de idade, trabalhadores de saúde, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), portadores de doenças crônicas, pessoas privadas de liberdade e professores do ensino básico e superior das escolas públicas e privadas.

A vacina é a principal forma de prevenção, pois diminui a circulação do vírus. Evitar ambientes fechados com pouca circulação do ar, lavar bem as mãos, e, ao tossir, usar o antebraço para tampar a boca também ajudam a diminuir o risco de transmissão da Influenza. 

A vacina está disponível nos Centros de Saúde de Belo Horizonte. 

Em 2017 foram notificados 65 casos de Influenza na capital, sendo que 55 do tipo H3N2, o vírus que está com maior circulação em todo o país este ano.

Leia mais:
Gripe matou nove pessoas em Minas
Grupos contrários à vacinação ganham a internet, mas discussão gera polêmica