No auge dos seus 161 anos, o Barreiro ainda atrai as atenções tanto dos mais velhos quanto dos jovenzinhos, sejam da própria região ou de outras áreas da capital mineira. A justificativa é unânime: apesar de moderno, o Barreiro ainda mantém características de uma cidade do interior.

“Aqui todo mundo conhece todo mundo. A região também tem um clima muito aconchegante. Quem conhece não esquece jamais!”, afirma a empresária Jéssica Antunes Freitas, de 24 anos. 

“O Barreiro não perde em nada para outras regiões da cidade”, diz o servidor público Luciano Soares, de 40 anos. Morador do bairro Maldonado, ele conta que chegou à região apenas para dar aulas. “Mas me apaixonei pelo lugar. A gastronomia por aqui, então, nem se fala. Chamo amigos de todos os lugares de Belo Horizonte para vir passear por aqui. O Cristo (no bairro Milionário) também é um ponto acolhedor, tem uma vista maravilhosa. O Parque das Águas é outro atrativo que todos devem conhecer por sua beleza e riqueza natural”. 

Confira nos registros dos fotógrafos Flávio Tavares e Lucas Prates: