A proximidade do verão lembra a todos que é preciso cuidar do corpo. Mas esse cuidado deve ser realizado durante todo o ano – e não envolve apenas a estética, mas a saúde, principalmente. O alerta é do geriatra e diretor médico técnico da Clínica ClinLife, Eduardo Pinho Tavares.

Um dos principais trabalhos da clínica é o emagrecimento controlado com acompanhamento de uma equipe, que inclui médicos, psicólogos, nutricionistas, educadores físicos e enfermeiras. 
“O obeso é carente e, geralmente, tende à solidão. Por isso, sempre trabalhamos com uma equipe multidisciplinar, integrada e acolhedora”, enfatiza o médico.

Com atuação de 35 anos na área, Eduardo Pinho Tavares destaca que o emagrecimento saudável e duradouro envolve três fases. A primeira é uma mais intensa, em que o paciente perde de três a cinco quilos em até 15 dias. Depois, começa a fase de reeducação alimentar, que é personalizada de acordo com os hábitos alimentares dependendo da meta de cada um.

A última delas é a manutenção dos hábitos saudáveis e do peso. “O emagrecimento não pode ser rápido demais para não trazer malefícios ao organismo. Mas também não pode ser muito devagar. É importante manter um ritmo de cinco a seis quilos por mês”, explica.
 

Clinlife
Eduardo Pinho, diretor médico

A manutenção não tem prazo e se estende para toda a vida do paciente. De acordo com Eduardo Pinho Tavares, quando a pessoa termina o tratamento, ela sai da clínica com duas recomendações: pesar diariamente e não ultrapassar o peso alarme, que pode ser de até 5% do peso total. Caso isso ocorra, o paciente deve voltar para uma nova consulta.

Ele alerta que a obesidade intensifica várias doenças, que podem levar ao infarto, derrame, diabetes e problemas de colesterol alto, por exemplo. “Tratar da obesidade é muito importante. Sabemos que uma redução de pelo menos 5% do peso já traz muitos benefícios”, argumentou.

O médico salienta que, após os 30 anos de idade, o metabolismo de todas as pessoas começa a diminuir. Isso significa que a capacidade do corpo de queimar gordura é cada vez menor.
As glândulas diminuem a produção de hormônios, o que reflete em todas as áreas. Com relação ao emagrecimento, a principal glândula é a tireoide. Os hormônios usados hoje são reconhecidos pelo organismo como naturais, o que o leva a reagir de forma mais saudável”, afirma.
ClinLife
Diretor médico técnico
Dr. Eduardo Pinho Tavares
Especialista em Geriatria (reg. 080)
CRM-MG 5599