#PostHD Conteúdo Patrocinado

Trocar uma lâmpada, instalar um chuveiro elétrico, montar móveis e pintar uma parede são algumas das tarefas que serão ensinadas para um grupo composto exclusivamente de mulheres. A ideia, além de habilitá-las a desempenhar esses serviços sozinhas, é repassar informações para que elas possam acompanhar serviços profissionais sem que sejam enganadas e acabem comprando gato por lebre.
 
Promovido pela empresa Working Girl, o II Workshop Manutenção Residencial Básica para Mulheres é a continuação de uma experiência que deu certo, em outubro deste ano, e que terá sua segunda oficina em 2 e 3 de dezembro, sábado e domingo, de 8 às 18 horas. 
A Working Girl é uma empresa de manutenção comercial e residencial que tem como diferencial ser voltada ao atendimento exclusivo ao público feminino. São 14 vagas. “Mais do que isso prejudica a didática e o acompanhamento que este tipo de atividade exige”, diz a instrutora Larissa Ribeiro Borges.

Dividido em quatro módulos - Manuseio de Ferramentas, Pintura Doméstica Básica, Hidráulica Básica e Elétrica Básica, o curso tem uma parte teórica e outra prática, com apostilas e muita interação entre as participantes. Todas as tarefas são feitas com segurança e com a distribuição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), que passam a ser das participantes. Ao final de cada módulo, as alunas serão avaliadas por meio de uma prova que resultará em um certificado.

Também ao final de cada módulo haverá um sorteio de brindes, relativos às tarefas ensinadas. Assim, quem participar do workshop concorrerá a uma serra, uma chave de teste, um alicate de pressão e um rolo de pintura. 

Prática social

Além do aprendizado e da troca de experiências, os exercícios práticos vão beneficiar e trazer mais conforto a outras pessoas, já que o Workshop Manutenção Residencial Básica para Mulheres será realizado nas dependências do Lar da Saudade, casa de convivência para idosos localizada no bairro Salgado Filho, na região Oeste de Belo Horizonte.
Assim, o espaço ganhará novas pinturas, reforma em móveis, manutenção preventivas nas instalações elétricas e outros serviços dos quais a casa esteja precisando. O local abriga atualmente 37 idosos.
O Workshop Manutenção Residencial Básica para Mulheres tem como instrutora a gestora e idealizadora do Working Girl, Larissa Ribeiro Borges. Ela tem cursos de formação pelo Senai e pelo Crea. 
 

Histórico

A Working Girl nasceu da necessidade de as clientes serem atendidas por outras mulheres na hora de solucionar problemas domésticos. É uma forma de evitar o assédio, as piadinhas de mau gosto e até mesmo a cobrança abusiva de preços, já que alguns prestadores de serviço agem de má-fé, aproveitando o desconhecimento e a desinformação por parte do público feminino. 
Larissa lembra um episódio em que uma viúva pagou cerca de R$ 400 por um serviço que não custaria muito além de R$ 10.
A idealizadora e gestora da Working Girl, Larissa Borges, lembra que, em 2015, atendeu ao pedido de uma conhecida que se mudara de Juiz de Fora para BH. Foi então que surgiu a Working Girl que, de lá pra cá, não parou mais. “Já atendemos mais de mil mulheres”, calcula Larissa.
Ela conta que começou a fazer essas tarefas do lar ainda criança, em Iturama, no Triângulo Mineiro. Aos 19 anos, mudou-se para a capital e não parou de se especializar na área. A ideia do workshop veio depois de ela pensar em disponibilizar vídeos na internet. Segundo ela, como muitas mulheres são chefes de família, a procura foi grande. E cada vez mais há clientes femininas interessadas em aprender a resolver problemas domésticos sozinhas. 

Serviço:

Workshop Manutenção Residencial Básica para Mulheres
Local: Recanto da Saudade - Rua Carmelita Prates da Silva - Salgado Filho - Belo Horizonte
Data: 2/12/ 2017 e 3/12/2017 
Informações: (31) 99576 - 5085 / 99694-2905
Inscrições: https://www.sympla.com.br/ii-workshop-manutencao--residencial-basica-para-mulheres-__207281