Manter a pele bonita, viçosa e hidratada ao longo da vida requer alguns cuidados. Exposição moderada à radiação ultravioleta e uso diário de protetor solar são apenas alguns deles. Após os 50 anos, as exigências tornam-se ainda maiores, mas dedicar-se a elas é totalmente possível. O que não faltam são produtos e tratamentos específicos, capazes de renovar e realçar a beleza de cada um. 

“O envelhecimento da pele se intensifica a partir dos 50 anos, sobretudo com a menopausa. Há perda de colágeno, redução da camada de gordura e até a estrutura óssea da face vai se modificando”, explica a dermatologista Ana Carolina Cherobin, diretora da Sociedade Brasileira de Dermatologia em Minas Gerais (SBD-MG). 

Nas mãos e nos antebraços, os primeiros sinais são as chamadas manchas senis, que nada mais são do que o acúmulo de exposição ao sol durante toda a vida. A prevenção nessas áreas, ensina a dermatologista, é feita com filtro solar. Já os tratamentos podem exigir intervenções complementares com luz pulsada e alguns tipos de laser. 

“Também há hidratações que estimulam o colágeno, rejuvenescendo sobretudo as mãos”, completa a esteticista Isadora de Moraes Rocha, da Onodera Estética de Belo Horizonte. 

Confira mais dicas das especialistas para cuidar e manter bonita a pele do rosto, do colo e do pescoço.

 

Beleza à prova do tempo