Para muita gente, o simples fato de imaginar-se pintando uma parede ou o teto da própria casa já é um motivo e tanto para entrar em pânico. Pudera! Rolos, pincéis, combinações de cores e respingos apavoram qualquer um que não tenha o mínimo de intimidade com o assunto. Nada, porém, que uma mãozinha da tecnologia não resolva. 

Aplicativos e tutoriais, além de tintas e acessórios cada vez mais práticos e inteligentes, se transformaram em uma verdadeira mão na roda quando o assunto é pintura sem dor de cabeça. Basta um giro rápido pela web para encontrar uma porção de dicas interessantes, que vão desde a escolha dos materiais certos à harmonização das cores em cada espaço. 

Uma das pioneiras no assunto foi a Tintas Suvinil, que colocou no mercado o Kit Teste Sua Cor. O material, que custa R$ 35, permite analisar de duas a quatro tonalidades escolhidas nas luzes da manhã, da tarde e à noite, evitando surpresas ao final do trabalho. 

Para pintar azulejos, o macete é utilizar as tintas epóxi, específicas para essa finalidade. Elas são bastante resistentes e não descascam. Assim, além de colorir o revestimento, protegem as superfícies

A empresa também vem apostando em tecnologias que reproduzem efeitos decorativos como a camurça, o mármore e até o concreto. “Vale destacar um aplicativo que permite fotografar os ambientes e identificar os tons que mais combinam ali. A ferramenta ajuda a fazer as melhores escolhas”, completa o gerente de Atendimento ao Consumidor e Serviços ao Mercado da Suvinil, Henrique Ramos.

DIY

Fórmulas específicas para ambientes úmidos (que previnem o surgimento de fungos), resistentes à maresia e até antibacterianas também prometem facilitar a vida de quem se arriscar no Do It Yourself (da sigla em inglês DIY, que significa Faça Você Mesmo) e é a aposta da Lukscolor Tintas. 

"O objetivo é se antecipar às necessidades do mercado, com serviços diferenciados, que oferecem vantagens para quem compra e para quem usa”, reforça o gerente de Produtos da empresa, William Saraiva. 

Hoje em dia, a maioria dos materiais são à base de água, portanto, evitam sujeira em excesso e o surgimento de alergias. Muitos produtos também são formulados com baixa quantidade de compostos que contaminam o ar e a camada de ozônio, além de terem perfume suave, possibilitando a permanência no ambiente, mesmo durante a pintura. 

Evite o acúmulo de tinta nas bordas da lata usando um elástico preso nas laterais e limpando o pincel antes de cada aplicação. Isso impede que a tampa “cole” no recipiente, dificultando o reúso

Além disso

- No Brasil, as tintas são classificadas em categorias de qualidade: Premium, Standard e Econômica. Para se encaixar nelas, os produtos passam por testes que avaliam rendimento, cobertura e resistência à abrasão e intempéries. 

- Rendimento (poder de cobertura da tinta úmida): 1 litro da econômica rende 4m²; já as classificadas como standard e premium rendem 5m² e 6m², respectivamente (a mesma quantidade).

- Cobertura (da tinta úmida): da econômica é de 55%; 85% nas classificadas como standard e 90% nas premium.

- Resistência: as econômicas não apresentam resistência aos ciclos, por isso não passam por esses testes. Standard suportam 40 ciclos e premium, cem. Ciclos são observados em testes de abrasão, em que uma escova abrasiva se movimenta em vaivém, esfregando a superfície até que a tinta comece a sair. Cada movimento é chamado de ciclo.