Uma operação deflagrada nesta terça-feira (15),  em Três Pontas, no Sul de Minas, apura a existência de fraudes na execução dos contratos de fornecimento de peças e combustíveis na prefeitura da cidade.

Denominada Trem Fantasma, a ação conjunta entre o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e a 3ª Promotoria de Justiça da Comarca de Três Pontas cumpre 16 mandados de busca e apreensão e 5 mandados de prisão temporária em empresas fornecedoras de peças e combustíveis.

As investigações se concentram em apurar informações repassadas ao Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) de que máquinas e veículos fora de uso estariam recebendo peças e combustíveis em 2017 e 2018.

As diligências contam com 37 policiais militares, oito promotores de Justiça, sete servidores do Ministério Público, 12 fiscais da Receita Estadual e um policial civil.