Melhore o networking de seu escritório

Advogado Moderno / 15/06/2017 - 06h00

Olá amiga e amigo advogado, tudo bem?

Um dos principais desafios de qualquer escritório de advocacia é a manutenção de boas redes de relacionamento profissional. Afinal, o networking é um grande ativo do escritório, que então poderá contar com referências e indicações de seus serviços, apoio para a captação de clientes, melhora da reputação no mercado, entre outros fatores. Mas como melhorar seu networking? Confira:

1. Ter sempre cartões de visita à mão:

Primeiramente, lembre-se de que o hábito da troca de cartões não é obsoleto. É preciso ter sempre à mão os principais contatos (e-mail e telefone), porque nunca se sabe quando será possível encontrar um cliente em potencial. Por exemplo, você pode estar na fila do banco, ou conversando com amigos de amigos e perceber nesses momentos uma oportunidade de indicar seus serviços.

Além disso, o cartão é uma boa forma de seus relacionamentos manterem seus contatos sempre disponíveis, caso a necessidade de contratação de serviços surja posteriormente. 

2. Participar de cursos e palestras:

Seminários, congressos, cursos e palestras são boas oportunidades para conhecer outros profissionais da área, especialmente aqueles que estão no departamento jurídico de empresas. Eles também contribuem para que você implemente seu plano de carreira! Por mais que essas atividades proporcionem contatos com pessoas já da sua área, a especialização de seu escritório pode ser exatamente o que eles procuravam para a resolução de um problema.
Além de participar como ouvinte, muitos advogados são convidados a dar cursos e palestras sobre suas áreas de especialidade. Ao demonstrar domínio sobre certos temas, você também passa a se tornar referência no assunto para aqueles ouvintes.

3. Manter bom relacionamento com colegas de curso e de trabalho:
Lembre-se de que colegas de faculdade e ex-colegas de trabalho podem ser importantes contatos no futuro, seja na advocacia, no setor público, na indicação de correspondentes, ou mesmo na atuação direta em empresas.

4. Indicar e ser indicado:

Você entrou em contato com algum cliente que não pode atender, seja em razão da especialidade requerida de sua equipe, seja em razão de possíveis conflitos de interesse com outros clientes? Por que não indicar escritórios parceiros? Essa é uma atitude que pode render indicações também para seu escritório!

Afinal, quando se formam parcerias entre advogados e escritórios de advocacia, ainda que eles não atuem na mesma área, é possível aumentar as chances de prospecção de clientes dessa forma. É um tipo de atitude que beneficia todos os profissionais envolvidos!

5. Investir em reuniões mais informais:

Muitas vezes, é justamente nos ambientes mais informais (café, restaurante, happy hour etc.) que você estabelece os melhores contatos profissionais. Como o ambiente desses encontros costuma ser mais informal, há mais segurança e franqueza nas conversas, o que pode render mais serviços e parcerias no futuro.

Abraços e até a próxima.

 

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários