O primeiro passo para você começar a empreender no Direito

Advogado Moderno / 05/10/2017 - 06h00

Olá amiga e amigo advogado, tudo bem?

Quando você decidiu seguir uma carreira jurídica, já tinha suas metas traçadas? Já havia decidido se seu foco estaria em atuar como advogado(a) ou seguir uma carreira no serviço público? 

Imagino que, ao planejar sua carreira, uma palavra que não lhe ocorreu foi a de “empreendedor”, certo? Numa primeira análise, as duas carreiras são bastante distintas uma da outra. O profissional jurídico atua para que a Justiça seja feita e os direitos constitucionais sejam garantidos ao cidadão. Já o empreendedor procura criar um negócio e oferecer seus serviços, em troca de certo preço.

O que você talvez não saiba é que o(a) advogado(a) que combina as características de ambas as carreiras pode se destacar no mercado. A área jurídica é bastante competitiva. Você sabia que 85 mil bacharéis se formam em Direito anualmente? Este é o curso mais popular entre os estudantes: segundo o Censo Universitário de 2016, 11% dos universitários do Brasil estão estudando Direito. Além disso, nosso país possui mais de um milhão de advogados, um número volumoso, que poderia ser ainda maior, uma vez que o Exame da OAB possui uma taxa de reprovação de 85%. 

Assim, não é surpreendente que muitos preferem optar por uma carreira pública. Mas e quanto àqueles cuja verdadeira paixão está em advogar? E aquelas pessoas que não conseguiriam se acostumar com uma carreira no funcionalismo público, e sonham em abrir seu próprio escritório, mesmo com tanta concorrência?

É nesse sentido que o empreendedorismo mais se aproxima do Direito. Ao abrir um escritório de advocacia, o advogado automaticamente se torna um empreendedor. Tal como qualquer outra empresa, um escritório também precisa equilibrar os gastos com os rendimentos e, claro, trazer lucro. Do contrário, como ele poderá crescer e contratar mais profissionais?

Claro, isso não significa que você precisará mudar de profissão e se tornar um empresário. Você continuará fazendo aquilo que ama e que estudou por anos para fazer. Mesmo assim, aprender algumas técnicas de empreendedorismo irá lhe ajudar a se destacar no mercado e permitir que seu escritório tenha uma saúde financeira boa o suficiente para que você possa se dedicar à prática jurídica.

“Tomaz, isso é interessante, mas não sei como começar!”. Simples: em nossa nova série de vídeos divulgada no canal do Juris Correspondente no YouTube temos um profissional capacitado para falar sobre o tema. O prof. Felipe Asensi é pós-doutor em Direito, com experiência internacional e, entre outras coisas, fundador de um programa de coaching para advogados por meio de sua empresa, o Instituto Diálogo. Ele irá abordar temas como planejamento estratégico, relacionamento com concorrentes, e muito mais. Inclusive, os dados do quinto parágrafo desta coluna são de seu primeiro vídeo!

Assine o canal do Juris para não perder os próximos vídeos do Felipe: https://www.youtube.com/c/JuriscorrespondenteBr. Os dois primeiros já estão disponíveis. 

Abraços e até a próxima!

 

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários