Por que você deve publicar mais artigos jurídicos na internet

Advogado Moderno / 13/07/2017 - 06h00

 

Olá amiga e amigo advogado, tudo bem?

Em meio às restrições do Código de Ética da Advocacia, a publicação de artigos é uma forma eficiente e legalizada que o advogado pode utilizar para promover seu trabalho e divulgá-lo para clientes em potencial. Afinal, o advogado é um profissional que se vale de seu conhecimento jurídico em sua profissão, portanto, nada melhor que demonstrar, por meio de artigos, que tem domínio sobre determinado tema. 

Um exemplo: um cidadão que estiver com dúvidas sobre algum assunto relacionado ao Direito de Família (como pensão alimentícia ou divórcio, por exemplo), pode pesquisar na internet e encontrar artigos jurídicos sobre o tema, escritos por algum advogado. Dessa forma, o cidadão saberá que o profissional é um especialista no tema de seu problema, e pode vir a solicitar uma consulta jurídica deste advogado. 

Dessa forma, artigos jurídicos são conteúdos relevantes, que ajudam a agregar valor ao conhecimento dominado pelo advogado que o escreveu. Quanto maior for o volume do conteúdo gerado pelo profissional, mais ele será visto como uma autoridade nos temas de seus artigos, e, portanto, maior será a probabilidade de ser contatado por pessoas necessitando de ajuda sobre tais tópicos.

E o melhor de tudo é que a internet oferece uma série de plataformas para você criar e divulgar seu conteúdo. As mídias sociais, como o Facebook, o Twitter e o LinkedIn, por exemplo, são ótimos canais para promover seu trabalho e conquistar novos seguidores.

Finalmente, se os seus artigos atraírem um bom número de visitantes, você nem precisará se esforçar muito em promovê-lo, uma vez que ele poderá aparecer no meio mais utilizado pelas pessoas para encontrar qualquer coisa na internet: o Google. Aqui, cabe uma breve explicação de como o Google funciona: ao se pesquisar qualquer assunto no buscador, ele traz nas primeiras posições os resultados que julga ser os mais importantes para aquela pesquisa realizada. O Google utiliza uma série de fatores para calcular quais sites têm atraído melhor a atenção do público e, portanto, merecem as primeiras colocações, como o número de visitantes e o tempo que estes permanecem na página (se for muito baixo, o Google entenderá que eles não encontraram o que procuravam). Dessa forma, se o artigo que você publicou estiver ganhando um bom número de acessos e se sua audiência efetivamente demonstrar que se interessou pelo conteúdo, logo ele poderá ranquear em posições cada vez mais altas para certas palavras pesquisadas no buscador.

Em suma, publicando artigos jurídicos na internet, você poderá ser lido por pessoas de Norte a Sul do país. Uma delas pode vir a ser o seu cliente!

Abraços e até a próxima!

 

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários