Belo Horizonte se transforma em palco da maior feira de cachaça do mundo

Blog do Clube / 05/06/2017 - 15h19
BARRIL

De 8 a 11 de junho, de quinta-feira a domingo, Belo Horizonte recebe a maior e mais importante feira de cachaça do mundo. Considerada a vitrine mundial da bebida, a Expocachaça comemora em 2017 20 anos de atividades inimterruptas. Esta é a 27ª edição da festa. Com um público total de mais de 2 milhões de visitantes ao longo de duas decadas, a Expocachaça recebe produtores de Minas Gerais e outros estados, apresentando diversas marcas da bebida para comercialização. Além disso, o  sucesso do evento está na sua concepção de Feira e Festival, que traz uma programação  eclética em que entretenimento, gastronomia e negócios convivem harmonicamente.

A novidade desta edição será o lançamento de uma unidade móvel pioneira: a carreta Alambique-Escola Brasil de capacitação e aperfeiçoamento da mão-de-obra da cadeia produtiva e de valor do agronegócio da cachaça. A iniciativa vem atender a demanda dos estados produtores da bebida, como elemento catalisador do processo de modernização do setor, levando até os produtores o conhecimento necessário para produzirem com qualidade e dentro dos padrões legais e exigidos pelo mercado de bebidas destiladas no mundo, tornando a cachaça um produto mais competitivo.

O projeto é uma realização do CBRC - Centro de Referência da Cachaça, a Truckvan (a maior empresa de soluções sobre rodas do Brasil, com a parceria da empresa Alambiques Santa Efigênia e EMATER-MG. Ela conta com um alambique de cachaça, coluna de álcool, laboratório, sala de aulas para 15 alunos, biblioteca e videoteca. Ela será lançada na Expocachaça com a realização de aulas-show.

Segundo José Lúcio Mendes, presidente da Expocachaça, o evento foi o principal responsável pela visibilidade atingida e pelo status de destilado nobre, retirando a bebida do gueto a que esteve relegada por muitos anos, promovendo sua divulgação nos mercados interno e externo. “O sucesso do evento está na sua concepção de Feira e Festival, com uma proposta aberta a novos expositores e uma programação mais eclética e complementar, em que negócios, lazer, entretenimento, gastronomia, turismo, cultura e espetáculo interagem em convivem harmonicamente”, ressalta.

Outro destaque da Expocachaça é a 11ª. edição o Brasil Bier, festival que acontece dentro da feira e que apresenta as principais microcervejarias do cenário nacional. Diversos produtores de cachaça, em busca de novos caminhos e oportunidades nos negócios, estão entrando também no mercado de cervejas, como a Cachaça Folhas de Oliva, por exemplo.

Ao longo das 26 edições anteriores, totalizando 20 anos de atividades, a Expocachaça já mobilizou um público superior a dois milhões de visitantes. Para este ano, o evento cresceu 25%, ocupando uma área de 12 mil m².

6ª Avaliação às Cegas

A Feira contará também com a 6ª Avaliação com Degustação às Cegas e Classificação das Cachaças dos Expositores da 27ª Expocachaça. O concurso é realizado por profissionais altamente qualificados e coordenados por Lorena Simão, do LABM – Laboratório Amalize Maia, Renato Frascino, coordenador de diversos cursos de bebidas e técnico sensorial de alimentos e bedidas, e Renato Costa, presidente da ABS – Associação dos Somelieres do Brasil – MG.

Segundo José Lúcio, o objetivo é avaliar a evolução e a qualidade dos produtos das diversas regiões produtoras de cachaça do país, presentes no evento, sob o ponto de vista sensorial e organoléptico, sinalizando para o mercado brasileiro e internacional o alto nível da produção da bebida em suas diversas categorias e apresentações.

As cachaças serão julgadas em sete categorias:

1) Brancas Puras armazenadas em tanques de inox ou vasilhame inerte, sem passar por qualquer tipo de madeira;

2) Descansadas em madeiras como amendoim, jequitibá, entre outras que não interferm na cor;

3) Envelhecidas em Carvalho Francês;

4) Envelhecidas em Carvalho Americano;

5) Envelhecidas em diversas madeiras brasileiras, como Amburana, Bálsamo, Loro e Canela, Castanheira, Pau Brasil, entre outras;

6) Envelhecidas na Categoria Extra-Premium, envelhecidas acima de três anos;

7) Bebidas com cachaça.

Academia Brasileira da Cachaça de Alambique (ABAC)

Durante a Feira, será realizada também uma reunião com da Academia Brasileira da Cachaça de Alambique – ABCA. A entidade é constituída por profissionais dedicados ao pleno desenvolvimento das cadeias produtiva, de valor e de suprimentos da Cachaça de Alambique e dos setores de bebidas e gastronomia. O objetivo é propor e coordenar projetos e ações estratégicas, preferencialmente em rede e com instituições afins, além de fomentar e apoiar iniciativas públicas e privadas, quando integradas aos propósitos finalísticos da ABCA.

“A ABCA tem por finalidade gerar resultados positivos para o negócio da Cachaça Artesanal de Alambique, reduzir entraves, induzir políticas públicas e privadas, abrir mercados e melhorar a qualidade e visibilidade de nossa bebida nacional”, afirma José Lúcio.

Palestras

Quem visitar a feira nos três primeiros dias do evento poderá conferir diversas palestras sobre o setor de bebidas. Confira a agenda:

COMO VENDER CACHAÇA NO MERCADO CANADENSE

Data: 8 de junho de 2017 - (Quinta-feira)

Local: EXPOCACHAÇA – EXPOMINAS - Auditório da Expocachaça 2016 - Pavilhão nº 2 - Av. Amazonas 6030, - Gameleira.

Palestrante: ARMÍNIO CALONGA JÚNIOR - Formado em Administração com ênfase em Negócios Internacionais. Trabalha com promoção de exportações e importações em projetos governamentais brasileiro e de outros países. Forte atuação como coordenador de desenvolvimento de negócios da Câmara de Comércio Brasil-Canadá, onde desde 2008 é responsável por organizar diversas missões e atividades de promoção de negócios entre os países. Em paralelo desde 2006, atua em uma consultoria própria com foco em promoção de comércio internacional, onde atua até o presente momento.

Horário: 14h às 15h

Público Alvo: Produtores de Cachaça

SABOR & PAIXÃO – PEÇA DE TEATRO APROVADA NA LEI ROUANET, ABORDA A CACHAÇA

O projeto SABOR & PAIXÃO consiste em montagem e apresentações de um espetáculo musical que valoriza e divulga a cultura de Minas Gerais – o café, as quitandas, o queijo, os doces, a cachaça, a prosa, bem como canções e costumes do interior mineiro. A trama, repleta de sabedoria, surpresas e bom humor, é embalada por paixões secretas que atravessam gerações e aguçam a memória afetiva e cultural do espectador. O projeto propõe 18 apresentações, em Belo Horizonte, sendo 6 (seis) sessões gratuitas para comunidades e escolas públicas, ampliando a acessibilidade a portadores de deficiência auditiva, com tradução de Libras durante as sessões teatrais, especialmente para esse público. / LEI FEDERAL DE INCENTIVO Á CULTURA – PRONAC: 164046

Data: 8 de junho de 2017 (Quinta-feira)

Local: EXPOCACHAÇA – EXPOMINAS - Auditório da Expocachaça 2016 - Pavilhão nº 2 - Av. Amazonas 6030, - Gameleira.

Palestrante: FRANCISCO REIS BASTOS - Médico, Escritor e Músico

Horário: 16h às 17h

Público Alvo: Produtores de Cachaça e possíveis patrocinadores

TENDÊNCIAS E OPORTUNIDADES DO MERCADO GLOBAL DE BEBIDAS ALCOÓLICAS PARA MARCAS BRASILEIRAS

Data: 9 de junho de 2016 (Sexta-feira)

Local: EXPOCACHAÇA – EXPOMINAS - Auditório da Expocachaça 2016 - Pavilhão nº 2 - Av. Amazonas 6030, - Gameleira.

Palestrante: ANGÉLICA SALADO - Analista de pesquisa da Euromonitor Internacional e responsável por conduzir os estudos sobre bebidas alcoólicas e não alcoólicas, tabaco, bebidas saudáveis, embalagens e marcas éticas no Brasil. Tem mais de seis anos de experiência em pesquisa de mercado quantitativa e qualitativa. É formada em Relações Internacionais com ênfase em Marketing e Negócios pela ESPM SP – Escola Superior de Propaganda e Marketing.

Horário: 14h às 15h30

Público Alvo: Produtores de Cachaça e Cerveja

TRIBUTAÇÃO NA INDÚSTRIA DA CACHAÇA

Data: 9 de junho de 2017 (Sexta-feira)

Local: CRISTIANO LAMEGO - Superintendente - Graduado em Administração de empresas, com MBA em Gestão de Negócios e especialização em Gestão de Pessoas. Presidente do Conselho de Administração do IBRAC – Instituto Brasileiro da Cachaça.

Horário: 16h às 18h

Público Alvo: Produtores de Cachaça

LANÇAMENTO DA CONFRARIA BRASILEIRA FEMININA DA CACHAÇA

Horário: de 19h00 às 20h00 horas

TENDÊNCIAS DE MERCADO CERVEJEIRO

Data: 10 de junho de 2016 (Sábado)

Local: EXPOCACHAÇA – EXPOMINAS - Auditório da Expocachaça 2016 - Pavilhão nº 2 - Av. Amazonas 6030, - Gameleira.

Palestrante: CARLOS ENRICO BRESSIANI - Diretor da Escola Superior de Cerveja e Malte de Blumenau - SC

Horário: 14h às 15h30

Público Alvo: Produtores de Cerveja e apreciadores.

PRECURSORES DO CARBAMATO DE ETILA

Data: 10 de junho de 2016 (Sábado)

Local: EXPOCACHAÇA – EXPOMINAS - Auditório da Expocachaça 2016 - Pavilhão nº 2 - Av. Amazonas 6030, - Gameleira.

Palestrante: PROF. DRA. MARIA DA GRAÇA CARDOSO - Chefe do departamento de Química, Professora titular da Universidade federal de Lavras – UFLA. Pós Doutorada pela Universidade de Lisboa – Portugal. Possui experiência na área de Química Orgânica, com ênfase em produtos naturais e qualidade de aguardente.

Horário: 16h às 17h30

Público Alvo: Produtores de Cachaça

EXPOCACHAÇA

Data: de 8 a 11 de junho de 2017, quinta-feira à domingo
Horário: De quinta a sábado, das 12h às 00h; domingo das 10h às 22h
Local: Expominas (Av. Amazonas, 6030 – Gameleira) – Belo Horizonte – MG
Ingressos:R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia entrada)
Estudantes pagam meia entrada com carteira estudantil e comprovante escolar.

*Não pagam ingressos:
Menores de 12 anos acompanhados de um responsável
Idosos com 65 anos ou mais (neste caso, será necessária a apresentação de documentação com foto que comprove a idade).

OBS: As bilheterias fecham uma hora antes do término do evento

Mais informações: http://www.expocachaca.com.br e https://www.facebook.com/expocachaca

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários