Evite a "síndrome de Maria" para não ficar obsoleto

Opinião / 12/09/2017 - 06h00

Mauro Condé*

Naquele tempo, Maria era a funcionária mais admirada e valorizada da empresa. Ela trabalhava como secretária executiva e era conhecida e reconhecida como a melhor datilógrafa do mundo – capaz de transcrever páginas e páginas de documentos em tempo recorde e com índice de erro zero.

Porém, Maria teve uma grave crise de pânico ao perceber que, de uma hora para outra e sem nenhum aviso, a empresa tinha trocado sua máquina de escrever velha de guerra por um computador novinho em folha, na época, o estado da arte em tecnologia.

Maria acabou demitida por não ter percebido e se preparado a tempo para a nova tecnologia que transformou em poeira toda sua habilidade, domínio e conhecimento superior da tecnologia anterior.

Essa história de Maria é antiga, mas a sua lição é super atual. Evite a “Síndrome de Maria” atualizando diariamente seus conhecimentos e desenvolvendo três habilidades cruciais para sua sobrevivência profissional futura = Estatística, Intuição e Algoritmos.

Tudo o que existe no universo está sendo convertido em Dados dentro de máquinas cada vez mais modernas e inteligentes (novos computadores e robôs dotados de Inteligência Artificial).

Então, para viver em paz com estas mudanças e evitar a “Síndrome de Maria” procure desenvolver e combinar estas três habilidades cruciais para não ficar obsoleto neste cenário:

1 - A Estatística Básica – Por meio dela você será capaz de estudar e entender o passado analisando os dados sob todos os prismas, como se estivessem dentro de um cubo mágico. 

Por meio do uso da estatística para o estudo do comportamento passado dos dados você será capaz de desenvolver a segunda habilidade crucial:

2 - A Intuição – Aquela capacidade de adivinhar acontecimentos futuros, antes que eles aconteçam. Desenvolva sua intuição usando a estatística para prever a probabilidade de comportamento futuro dos dados passados.

3 - Os algoritmos (a linguagem de programação de computadores) – como o mundo será dominado pelas máquinas seria ideal que você entendesse o básico sobre algoritmos como forma de saber como os dados passados são inseridos dentro das máquinas e processados para gerar inteligência e conhecimento sobre dados futuros.

Afinal, como aprendemos com Charles Darwin: “Não é o mais forte que sobrevive, nem é o mais inteligente. É aquele que melhor se adapta a mudanças”. 

(*) Palestrante, consultor e fundador do Blog do Maluco

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários