Gpon veio para ficar

Opinião / 11/05/2018 - 06h00

Bruno Diniz*

A lentidão da internet é uma das principais reclamações dos internautas. A Anatel informou dados de que na banda larga fixa, qualidade e funcionamento foram os principais motivos de queixas dos usuários de uma pesquisa realizada recentemente.

Os consumidores buscam cada vez mais uma maior capacidade de transmissão de dados e velocidades mais altas na internet e as operadoras e provedores têm que se preparar para oferecer novas redes capazes de fornecer maior largura de banda, com melhor qualidade, maior velocidade e mais flexibilidade.
A fibra óptica passa a ser a melhor solução e a tendência de mercado é uma tecnologia denominada Gpon (Gigabit passive optical network), que permite uma maior transmissão e recebimento de dados através de uma única fibra. 

Ela oferece diversos benefícios tanto para as empresas quanto para os consumidores, como economia de espaço nos ambientes que necessitam de redes e equipamentos; economia de energia, já que os únicos equipamentos ligados à rede elétrica são os da ponta de rede; imunidade à oxidação e interferência eletromagnética, ideal para instalações próximas a redes elétricas ou em locais com altos índices de descargas atmosféricas; longo alcance de até 20 km, dispensando o uso de equipamentos elétricos, amplificadores ou repetidores de sinal, dentre outros.

Se há dez anos baixar um vídeo de poucos minutos levava horas, atualmente conseguimos usar redes sem fio com alta velocidade para a tarefa.
Uma curiosidade é que a tecnologia Gpon já existe há anos pelo mundo e apenas há cinco anos começou a ser implantada comercialmente no Brasil.


(*) CEO Via Networks

 

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários