Mãe e padrasto são suspeitos de matar menina de 3 anos espancada

Rádio Patrulha / 11/07/2017 - 11h20

A violência não tem fim. Uma menina de 3 anos morreu, no início da madrugada desta terça-feira (11), após ter sido espancada e internada em estado grave em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santa Maria, na região central do Rio Grande do Sul. A criança apresentava hematomas e escoriações pelo corpo. A mãe - uma jovem de 20 anos - e o padrasto são os principais suspeitos de ter cometido o crime.

De acordo com a Brigada Militar, a menina foi levada para a unidade de saúde pelos pais e um vizinho. O caso aconteceu por volta da 1h30. A equipe médica que atendeu a criança, já sem os sinais vitais, suspeitou da ocorrência e chamou a polícia.

A mãe e o padrasto foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento para prestar esclarecimentos sobre o ocorrido e devem ser autuados. As circunstâncias do suposto crime serão apuradas pela Polícia Civil.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários