Gabriel Guimarães é o interlocutor em conversa com joesley

Amália Goulart / 30/09/2017 - 06h00

O deputado federal Gabriel Guimarães (PT) confirmou que pode ter sido ele o grampeado em conversas telefônicas com o empresário Joesley Batista, um dos donos do grupo J&F. A revista Veja divulgou ontem um áudio em que Joesley diz a um interlocutor de nome Gabriel que “se tem batom na cueca faz a p... da delação”. 

O parlamentar informou que não teve acesso ao áudio, mas que, como advogou para o grupo, possivelmente pode ter sido grampeado em diálogos com Joesley. 

Guimarães é advogado e até mês passado acompanhava os imbróglios judiciais envolvendo o grupo dos irmãos Batista. Ele não quis comentar o teor dos áudios.

Menos dinheiro

Deputados federais e o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, tentam convencer o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, e a equipe dele, a aumentar o volume de recursos para a assistência social para o ano que vem. Neste ano, o orçamento para a área é algo em torno de R$ 4 bilhões. Mas entidades ligadas ao setor dizem que não foi liberado nem 10% do total. 

De acordo com o deputado federal Eduardo Barbosa (PSDB), o governo quer manter os R$ 4,4 bilhões, mas a ideia é convencer as autoridades a liberar R$ 7,29 bilhões. 

“Estamos trabalhando para ver se conseguimos ampliar o orçamento em relação ao deste ano. O Planejamento é a área do governo que resiste em aumentar. O ministro Osmar está atuando nessa negociação também (pela liberação)”, afirmou Barbosa.

Mais investimento privado

A Ternium, maior acionista da Usiminas, anunciou investimento de US$ 1,1 bilhão na compra de um novo laminador a quente para a fábrica no México. A fábrica irá receber placas do Brasil. O novo laminador a quente da Ternium terá capacidade de produção anual de 3,7 milhões de toneladas métricas.

“Nós também estamos orgulhosos de anunciar a construção de uma nova planta para produção de vergalhões no norte da Colômbia para integrar as nossas operações no país. O mercado colombiano de aço vem ganhando relevância na região nos últimos anos, com um crescimento significativo no consumo de aço. O investimento nos permitirá expandir nossa participação de mercado no dinâmico setor de construção, oferecendo uma alternativa às importações. A nova unidade aumentará a presença da Ternium no país e, ao mesmo tempo, contribuirá para o desenvolvimento industrial da Colômbia”, disse Daniel  Novegil, CEO da Ternium.

Lucrar brincando

O comércio eletrônico brasileiro deve movimentar R$ 2,1 bilhões no Dia das Crianças. É o que projeta a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). De acordo com a entidade, esse montante representa um crescimento de 5% em relação ao mesmo período de 2016.

 

 

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários