Igual juiz bom: Crivella e Doria passam vergonha, Kalil sai de cena

Amália Goulart / 14/02/2018 - 06h00

Dizem no futebol que juiz bom é aquele que passa despercebido. Pois é, no Carnaval da política as três capitais mais importantes do Sudeste tiveram reações diferentes dos chefes do Executivo. No Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB) apareceu com rosto em boneco de judas no desfile da Mangueira. 


Vergonha maior passou João Doria (PSDB), prefeito de São Paulo, ao presenciar a rejeição do cantor Zeca Pagodinho à presença dele. 
Mas em Belo Horizonte, o prefeito Alexandre Kalil (PHS), fez como juiz bom: ficou quietinho. Não foi visto, fotografado ou filmado. 

Licitação
O Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG) suspendeu licitação do Tribunal de Justiça de Minas para contratar “prestação de serviço técnico-profissional especializado para construção do Datacenter da unidade Camargos”. 
A licitação tinha valor estimado em mais de R$ 1 milhão. Conforme relatório do TCE, havia indícios de irregularidades no edital.

Alerta
O Tribunal de Contas também emitiu alerta ao procurador-geral de Justiça, Antônio Sérgio Tonet, pois constatou que foi excedido o limite de alerta de gastos com pessoal. 
Foram excedidos os limites em dois quadrimestres do ano passado. 

De fora
O Brasil ficou de fora do ranking das 100 melhores cervejas do mundo. A lista é feita pelo site RateBeer.com. A cerva mais gostosa é da Grécia, a 7 Seven Island Brewery. 
A segunda colocada é a Abnormal Beer Company e a terceira a AleSmith Brewing Company, ambas dos Estados Unidos. Aliás, os norte-americanos têm o maior número de cervejas no ranking.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários